quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Propósito: Inspiração #1

Vamos ouvir o sussurro?

Tradução possível em baixo (não é a melhor tradução do mundo, mas acho que dá para perceber).




"Nunca quis viver sem algum tipo de afirmação, algum tipo de feedback colectivo e, talvez por isso, os meus primeiros filmes tenham sido todos sobre vocês, os meus primeiros filmes foram todos a solicitar-vos, a fazerem de vocês meus parceiros, a pensar em vocês por trás da câmara, a pensar o que vos poderia entusiasmar e o que vos excitava, o que vos fazia rir, o que vos fazia gritar, como poderia criar suspense (...). E vocês, vocês eram os meus parceiros... a minha audiência, eu colaborei convosco e vocês colaboraram comigo e eu penso que no início da minha carreira tive uma experiência magnífica e o que quero dizer é que eu não tive escolha, eu não tive escolha...

Quando têm um sonho... e o sonho não é uma coisa que vocês sonham e acontece, o sonho é algo que nunca sabiam que ia acontecer nas vossas vidas. O sonho vem sempre por trás de vocês e nunca há frente dos vossos olhos, ele esgueira-se de vocês.
Mas, quando têm um sonho, ele muitas vezes não vem ter convosco a gritar na vossa cara "ISTO É O QUE VOCÊS SÃO, ISTO É O QUE VOCÊS DEVEM SER PARA O RESTO DAS VOSSAS VIDAS". Por vezes, o sonho quase sussurra e eu sempre disse aos meus filhos: "As coisas mais difíceis de escutar, os vossos instintos, a vossa própria intuição humana, sussurram sempre, nunca gritam, é muito difícil de ouvir. Têm que, todos os dias das vossas vidas, estarem prontos para ouvir o que eles sussurram no vosso ouvido, eles raramente gritam". E se conseguirem escutar ... e se fizer cócegas no vosso coração ... e se pensam que é uma coisa que querem fazer para o resto das vossas vidas, então vai ser isso que vão fazer para o resto das vossas vidas. E nós beneficiaremos de tudo o que vocês fizerem.

Muito obrigado!"



Sem comentários:

Enviar um comentário