sábado, 1 de abril de 2017

Ritual da alimentação



"Uma dieta empobrecida tem um efeito acentuado na tua vida. Consome-te energia mental e física. Afecta os teus estados de espírito e turva a clareza da tua mente.
Robin Sharma, O monge que vendeu o seu Ferrari


Depois do ritual da solidão e do ritual da fisicalidade, o hábito que vou praticar este mês, é o ritual da alimentação.
No livro sugerem a alimentação vegetariana, mas também dizem que devemos viver uma vida sem extremismos. Se não quisermos tornarmo-nos vegetarianos rigorosos, podemos reduzir o consumo de carne e acompanhar as refeições de salada e fruta, o que por si só já faz muita diferença.

Eu já vos tinha falado como modifiquei a minha alimentação. No entanto, sinto que já estive nos dois extremos, passei de comer bolos e doces todos os dias, para o não comer dia nenhum, e se tivesse uma festa de aniversário, por exemplo, ou não comia ou sentia-me culpada depois de comer uma fatia de bolo.
Desde que me apercebi que não estava a ter uma relação nada saudável com a comida, reajustei a minha alimentação. É que a comida sempre foi para mim um prazer, além de gostar de cozinhar, gosto de desfrutar dos sabores, sentir as texturas, os cheiros. Se comer algum alimento "proibido" com culpa, além de não sentir prazer nenhum, acho que isso não é muito saudável.

Vai daí, arranjei um meio termo onde me sinto confortável e feliz, uma espécie de equilíbrio alimentar. Durante a semana sigo a alimentação que já vos tinha dito e ao fim de semana, se me apetecer, quebro as regras. Pode ser comer um bolo, uma sobremesa, alimentos processados... sem culpa. E tenho conseguido atingir um equilíbrio alimentar mais saudável e que faz mais sentido para mim.
Não sou apologista de extremismos, acho que devemos seguir uma alimentação saudável, que faça sentido para nós e que nos faça sentir bem. E não ir atrás das dietas da moda, porque toda a gente o faz.


Como vou praticar o ritual da alimentação?


Se eu já atingi um equilíbrio alimentar, o que fazer mais? Acho que podemos sempre melhorar e evoluir e não ficarmos estagnados.

Assim, para praticar o ritual da alimentação, além do que já faço:
  • Vou introduzir mais refeições vegetarianas durante a semana;
  • Vou experimentar receitas novas;
  • Vou beber mais água;
  • Vou finalmente organizar as receitas cá de casa.


Conto com a vossa companhia numa alimentação melhor?



2 comentários:

  1. Pronto, comer já consigo... ;) Sem brincadeiras, sabes das minhas lutas e dos meus alimentos proibidos. Não é fácil e tenho que me esforçar por não cair nas refeições sempre iguais, principalmente quando o tempo é curto. Venham essas ideias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim sei das tuas lutas e das minhas. Não é nada fácil. Vamos lá apoiar-nos uma à outra nas resoluções, com companhia não é tão difícil ;)

      Eliminar